https://www.poetris.com/
Poemas : 

QUATROCENTOS MIL

 
QUATROCENTOS MIL
400 mil vozes se calaram...
Nenhuma palavra de conforto.
Nenhum grito de gol.
Nenhum feliz aniversário.
Nenhum bom dia ou boa noite.
400 mil vozes se calaram.
400 mil rostos deixaram de sorrir.
800 mil olhos deixaram de brilhar.
800 mil braços nunca mais vão abraçar.
Há uma cadeira vazia em 400 mil lares na hora do jantar.
400 mil empregados deixaram de trabalhar.
Milhares de mães choram seus filhos.
Milhares de filhos choram seus pais.
400 mil...
400 mil covas plantando gente.
400 mil que deixam saudades
a outros tantos milhares que ficam.
400 mil.
Não 4.
Não 40.
Não 400.
Não 4 mil
Não 40 mil...
400 mil. (Proteus).

 
Autor
PROTEUS
Autor
 
Texto
Data
Leituras
51
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 30/04/2021 20:53  Atualizado: 30/04/2021 20:53
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 17127
 Re: QUATROCENTOS MIL
Proteus
Já são mais de 400 mil! Uma tristeza, pior que as catástrofes naturais!
Abraço!
Janna