https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

A lembrança das lembranças

 
Open in new window

Quando sorris, mulher,
A nossa infância
Assoma às portas do meu coração,
E na lembrança das lembranças,
Viajo no tempo
Em busca dos mimos trocados
Naquele tempo de todos os tempos.
Busco teus beijos
Nas cores das flores,
No canto d’água
Que caia em cascata
No monte do nosso namoro.
Busco tudo quanto passara
Naquele tempo dos beijos molhados,
Naquele tempo dos fogosos mimos,
Naquele tempo
Em que o tempo parava no tempo ao entardecer,
Quando os pássaros iam dormir ao poente,
E a lua acordava
Sob o chiar dos nossos beijos,
Que ecoava no longínquo horizonte
Do nosso namoro.
Eu me lembro,
Lembro-me do teu olhar, que perdia no poente,
Quando lia poemas de amor pra ti,
Onde versos soltavam do meu apaixonado coração,
E se aninhavam em tua cândida alma.
Se lembrar é viver o passado no presente,
Acrescento o presente ao presente
Pra que as lembranças, jamais vivam no passado.

Adelino Gomes-nhaca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
370
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
1
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 19/08/2022 12:17  Atualizado: 19/08/2022 12:17
Colaborador
Usuário desde: 20/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 7547
 Re: A lembrança das lembranças
Lembrar...
é viver o passado no presente,
sob olhar atento das saudades.

Open in new window