https://www.poetris.com/
Sonetos : 

Solidão

 
Tags:  dia    fim    encontro    melancolia    lugar    Descanso.  
 
Open in new window

Solidão

Eu vivo procurando por mim
E já fui em quase todo lugar
Verifiquei tim-tim por tim-tim
Mas não consego me encontrar

Continuo ainda me procurando
Não sei se irei me encontrar
Irei por esta vida caminhando
Até que a estrada possa findar

Sempre carrego a melancolia
Até chegar o meu último dia
Então, aí eu poderei descansar

Já não carrego nenhuma ilusão
A tristeza está no meu coração
Sou solitário em qualquer lugar.

jmd/Maringá, 24.09.22


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
89
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Mr.Sergius
Publicado: 24/09/2022 22:03  Atualizado: 24/09/2022 22:03
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade: Luxor (Egito) / काठमाडौं (Nepal)
Mensagens: 1596
 Re: Solidão
Sabemos que não é uma tarefa fácil encontrar a si mesmo. O auto conhecimento é a tarefa de maior dificuldade que se pode empreender. Entretanto um belo poema certamente pode abrir muitas portas. E aqui o temos... As respostas? Virão a seu tempo. Nada acontece fora de seu tempo. Saudações.