Poemas : 

Numa terra em ebulição

 
Encontro-me nos escombros das palavras, aqui o silêncio é de horrores,
este mundo cheira a mortes e a dores.
A loucura é o meu porto favorito, o meu barco uma caixa sem ter remos, levando uma mulher que não
chega ao cais,
sufocando hipocondríaca por entre as fissuras das dores carnais, também estas sem
guerras...que supostamente são por
causas naturais.

 
Autor
Esqueci
Autor
 
Texto
Data
Leituras
495
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
0
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.