https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Desilusão : 

Das dores e desencantos...

 



Das dores e desencantos...




O palhaço fez graça, eu não ri
A banda passou e eu fiquei
A música tocou e eu senti
a tristeza que eu nunca esperei

Fui buscar teu sorriso ali
na janela que eu mesma tranquei
Quando o encanto surgiu, eu fingi
Enganando meus olhos, chorei

Veio nova alvorada, eu cedi
Quando o sol no horizonte enxerguei
Vendo o sonho ruir, eu morri
Sem saber que fui eu que o matei




Charlyane Mirielle





Poesia On Line
02/09/2008

 
Autor
Charlyane
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1887
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/09/2008 14:30  Atualizado: 14/09/2008 14:30
 Re: Das dores e desencantos...
"Mãe, Mulher,
Menina, Magia,
Música, Mistério
Meiguice, Maldade,
Mania, Manhã...
Sou um pouco do nada
que teus olhos possam ver,
que teu coração possa sentir."

A SUA APRESENTAÇÃO JÁ ME INDICOU QUEM É A CHARLYANE

Beijinhos