Poemas -> Paixão : 

SEM VOCÊ NÃO PESO UM QUILO

 
Você é precisa
Sem você já não sirvo
sou servo
sem você eu não vivo tranquilo
sem você eu não peso um quilo
menos 11 gramas
fico sem alma sem piso
ectoplasma
na zona fantasma
e nem superman me salva

Se você não me toma
não me soma
eu vou subtraindo-me e assim despenco no nada
viro vento
poeira soprada/ inútil/ pleonasmo
metáfora de nada é nenhum
me acabo
escasso/ pouco
o resto que restou do resto da feira

Se você não me escreve
não me liga/ não conecta
fico sem meta/ sem verso
no inverso/ contramão
hiato
uma consoante sem vogal
ilegível/ intratável/ impronunciável
um Maiakovski em tédio
sem vódica/ sem revolução

Se você não me soma
vou subtraindo-me
até sumir na paisagem
mero pardal na praça
cantando a esmo
viro lagartixa
destas que se joga na parede
taturana no casulo/ sem asas/ lesma
um risco no escuro

Se você não cola em mim
não me leva
resgata-me daqui
e me põe nos teus verbos e letras
nos teus contos e rimas
fico feito lima roendo unhas
sem dedos/ sem mãos

Se você não me anexa a ti
não me grampeia ao teu peito
fico papel avulso
sem nada escrito
rascunho/ no sub-uso
parafuso/ pra dentro contido
não digo nada/ não canto
figurante num filme mudo
ao passant
na ponta / não conta

Se você não me compra
e leva
fico na prateleira
no desconto/ liquidação
produto vencido
fico na rua jogado
dando volta em volta do umbigo
fico ferido
e por mais que ande não chego
não vou a lugar nenhum

Se você não me quer
fico oferecido
dando mole
rabo de saia
sujeito à qualquer
se você não quiser ser minha
eu fico assim olto
a quem me queira
vagabundo
Agora
Se você me toma/ de repente
de assalto
vou com sede /quebro o pote
apressado como cru
esfolo a boca no quente
tomo-te no colo/ te deito no solo
e com permisso
te faço minha/ a tal
aquela/ a prima
a rima perfeita/ versos e o poema inteiro
mulher


Meus escritossão verdades inventadas, fatos adulterados, fingimentos diversos; tentativas de pintar um quadro, fazer um canção, escrever um livro.

 
Autor
Raul Los Dias
 
Texto
Data
Leituras
1486
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
InSaNnA
Publicado: 29/05/2006 18:48  Atualizado: 29/05/2006 18:48
Membro de honra
Usuário desde: 08/05/2006
Localidade: Brasil
Mensagens: 229
 Re: SEM VOCÊ NÃO PESO UM QUILO
Que lindo o seu poema..muito gostoso de ler...Voce sofreu ate chegar o final..No meio do poema,quase que eu pedi emprestado a cabine do Superman para virar a Super InSanNapara te salvar..mas tudo acabou bem..Ainda bem,viu? que ca,entre nos,o Superman e efoista,nao ia me emprestar nada.beijos na sua alma poetica e obrigada por ler essa brincadeira