Poemas -> Saudade : 

Aurora

 
Tags:  vida    saudade    alegrias    claridade  
 
AURORA

O dia vai rompendo
Pleno de tanta claridade
E eu já quase morrendo
De tanta, mas tanta saudade.

Saudade a crescer
Da Vida que perdi
Desperto não quero ver
Pois já o Mundo repeli.

Vão semanas, meses
Anda a nado o sonho
Cinzento às vezes!?
Outras tantas risonho.

Vão os dias morrendo
Trago o coração partido
Como brinquedo perdendo,
A criança que o há esquecido.

Mas nasce uma outra aurora
No meu universo a esvaziar
A luz virá bem na hora!
Dum novo dia eu conquistar.

rosafogo


Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.
Johann Wolfgang Von Goethe



 
Autor
rosafogo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
564
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
6
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 08/09/2009 12:12  Atualizado: 08/09/2009 12:12
 Re: Aurora
Sabes Rosa? Admiro esta tua força na palavra escrita. em cada poema onde a tristeza aflora, há sempre a esperança presente num novo amanhecer.

Muito bonito.

Beijo azul


Enviado por Tópico
JoséCorreia
Publicado: 08/09/2009 12:18  Atualizado: 08/09/2009 12:18
Luso de Ouro
Usuário desde: 17/03/2009
Localidade:
Mensagens: 287
 Re: Aurora
Rosa "Como brinquedo perdendo,
A criança que o há esquecido."

Estao divinais estes 2 versos!


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 08/09/2009 14:57  Atualizado: 08/09/2009 14:57
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Aurora
"Vão os dias morrendo
Trago o coração partido
Como brinquedo perdendo,
A criança que o há esquecido."

Esta quadra está muito bonita,
Rosa.
Um beijo
Vóny Ferreira