https://www.poetris.com/

 
« 1 ... 4971 4972 4973 (4974) 4975 4976 4977 ... 4984 »
Textos deste autor
Offline
Isa
Magia do meu sentir
Quando a noite cai traz-me um doce sonho que inebria meus sentidos e adoça a minha infausta vida....
Enviado por Isa
em 14/09/2006 18:54:59
Textos deste autor
Offline
rosamaria
Parti um dia
Parti um dia sem ninguém saber. Andei pelo mundo por ruas enormes, por cantos perdidos, por senti...
Enviado por rosamaria
em 14/09/2006 16:21:31
Textos deste autor
Offline
rosamaria
Ver-te
Não te reconheço na tua maturidade! Tonta, enfraquecida nas ilusões da quimera, da fantasia que...
Enviado por rosamaria
em 14/09/2006 16:00:00
Textos deste autor
Offline
visitante
EU AO AVESSO
Eu sou imprudente, reconheço. Mas não fico chorando me tropeço Nem tão pouco ali adormeço Remoend...
Enviado por visitante
em 14/09/2006 03:24:45
Textos deste autor
Offline
rosamaria
Louca
Podes chamar-me alienada por querer o sol prateado. É miragem, bem sei, rápida, momentânea, mas q...
Enviado por rosamaria
em 13/09/2006 18:14:10
Textos deste autor
Offline
Junior A.
Quisera eu
Quisera eu que ela me amasse... Assim se vestiria de encanto minhas longas noites E envolveria ...
Enviado por Junior A.
em 12/09/2006 13:40:00
Textos deste autor
Offline
rosamaria
Sonhos
No limiar da noite ofereço-me a calmaria dos dias apressados, sem flama, descoloridos, lentos. Ra...
Enviado por rosamaria
em 12/09/2006 00:05:22
Textos deste autor
Offline
Ivaneti
O Beco...
O Beco levo a vida.... pensando no romper da madrugada...sentíndo uma dor danada...a alma vazia....
Enviado por Ivaneti
em 06/09/2006 11:50:00
Textos deste autor
Offline
SenhoraMorrison
O país do futuro
O país do futuro Ah! Minha doce nação De brava gente De gentis cidadãos De justiça com as própri...
Enviado por SenhoraMorrison
em 02/09/2006 18:22:37
Textos deste autor
Offline
visitante
quando chora o coraçao
quando o coração chora não fazem falta as palavras lagrimas de sangue se espalham pela alma deixa...
Enviado por visitante
em 28/08/2006 22:27:42
Textos deste autor
Offline
JTParreira
AS PONTES DE PARIS
A manhã vai pôr a limpo a névoa e Paris vai oferecer as suas pontes, os seus braços sobre vestígi...
Enviado por JTParreira
em 27/08/2006 00:36:44
Textos deste autor
Offline
jorgehumberto
CRISTALINO
Raiam-me os olhos de cristais, o cheiro a terra é intenso, e travo nos lábios, miríades de...
Enviado por jorgehumberto
em 25/08/2006 19:20:48
Textos deste autor
Offline
JTParreira
A BAILARINA DE FLAMENCO
Ela derrama água nos seus pés quando dança com o vestido em chamas ela põe fora da boca o coraçã...
Enviado por JTParreira
em 25/08/2006 11:41:04
Textos deste autor
Offline
JTParreira
A NOITE URBANA
Brilham no vento as luzes vigilantes dos candeeiros públicos, fogueiras para as noites húmidas, a...
Enviado por JTParreira
em 25/08/2006 11:30:00
Textos deste autor
Offline
JTParreira
ESPELHOS
Espelhos Devo aos espelhos a perturbação do meu rosto, cada dia se multiplicam os anos. É domin...
Enviado por JTParreira
em 22/08/2006 20:33:37
Textos deste autor
Offline
JTParreira
CASA EM CONSTRUÇÃO
A casa espera Luiza Neto Jorge Os olhos seguem o tijolo no alçar dos tectos hastearam paredes,...
Enviado por JTParreira
em 22/08/2006 20:31:00
Textos deste autor
Offline
jorgehumberto
CINZA
No silêncio quebrado Da noite Que o latir dos cães Propõem E o frio nocturno Acentua No rio...
Enviado por jorgehumberto
em 20/08/2006 19:00:39
Textos deste autor
Offline
Ludiro
Antologia "Poemas Dispersos"
Antologia Poemas Diversos Clique AQUI para ver a capa da Antologia! Organizado por Elenilson Na...
Enviado por Ludiro
em 18/08/2006 22:00:00
Textos deste autor
Offline
jorgehumberto
TUTTI-FRUT
Os teus olhos são como cerejas, Teus lábios dois gomos de laranja, E no teu pescoço é que des...
Enviado por jorgehumberto
em 17/08/2006 19:31:48
Textos deste autor
Offline
fer.car
SEM PALAVRAS
Sem palavras fico quando ao lhe ver sinto o ar faltar A fala prender e assim sem meios de evitar ...
Enviado por fer.car
em 12/08/2006 23:30:00
« 1 ... 4971 4972 4973 (4974) 4975 4976 4977 ... 4984 »