Encruzilhadas da idade

 
Estou tão perto da vida e da morte
na minha meia idade
que nem sei
para onde me ei-de voltar

A criança em mim reclama birrenta
o velho mentaliza razões de enfiada
e nada em mim se orienta
nesta minha encruzilhada.
 
Encruzilhadas da idade

Reflictam comigo, amigos Lusos

 
Um dia perguntaram ao DALAI LAMA

“O que mais te surpreende na humanidade?”

E ele respondeu:

“Os homens…Porque perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem dinheiro para recuperar a saúde.
E por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem o presente de tal forma que acabam por não viver o presente nem o futuro.
E vivem como se nunca fossem morrer…e morrem como se nunca tivessem vivido”

Dá para reflectirmos amigos, não?
 
Reflictam comigo, amigos Lusos

ESTRUTURA DE UM LOUCO

 
ESTRUTURA DE UM LOUCO

Minha vestimenta
Não é de linho caro, nem raro...
Nem minhas alparcas de aço
Porém caminho descalço
Com minhas próprias pernas
Na areia do meu rastro, sem cansaço!
Carne, ossos e pele...
Oferecem-me como sustento
Mas se me faltar o pão?
Tudo isto se torna
Estrutura de um louco...
Dotado de um pensamento
Que é só meu
Às vezes pego por empréstimo
A ideologia de outros
Meu valor não está em meus bens
O meu mal despertou
A malícia de alguém
Alguém que confronta meu espírito
E do meu sangue quer beber...
O menor dos inteligentes é prudente
Não experimenta
A sabedoria dos deuses
O perigo está no poder
Por não saberem dosar
Da maldade constituída
Da mente ao coração...
A guerra trás paz aos que morrem
Então vamos lutar contra o sistema
Pois a morte não separa da dor
Esquarteja os nossos corpos
Evacua nosso suor
Lutemos contra tudo e todos
Contra nossa própria consciência
Que nos trai deste nosso amor.

Escrito por Marcelo Henrique Zacarelli
Janeiro de 2003 no dia 06
Itaquaquecetuba ( SP ) Ideologia e Pensamento

O meu mal despertou
A malícia de alguém...
 
ESTRUTURA DE UM LOUCO

Teimosia

 
 
Insistir, repetir, TEIMAR no que é belo , não é teimosia , mas sim - insistência e persistência bendita !

À Dani com amor

Por JouElam.
 
Teimosia

(In)CONSEQÜÊNCIA...

 
(In)CONSEQÜÊNCIA...
 
(In)CONSEQÜÊNCIA...

Sem amor...
O ser
Torna-se
Desértico!!!
 
(In)CONSEQÜÊNCIA...

O valor das palavras sentidas...

 
A soma dos medos, não é igual aos fantasmas que tememos.

Ignorá-los é uma atitude, confrontá-los é uma virtude.

A decisão do momento, impele-nos a reflectir...na humilhação, o descontentamento; força-nos a desistir.

Desistir é a pior das escolhas...impiadosamente a pior das decisões encontradas.

Lutar sim, é uma decisão ininterruptamente obrigatória...só assim poderás clamar vitória.

Nunca digas é impossível...podes ao menos tentar?
 
O valor das palavras sentidas...

Se...

 
Se…

Cerrando os olhos, qual contradição, entro dentro de mim e surpreendo-me.
É como se da primeira vez me auscultasse, me perguntasse quem sou e ao que venho. Subitamente senti-me infinitamente importante, ou melhor, obrigada a sê-lo.
Abri os olhos levantei-me e vou tomar caminho.

Olema
 
Se...

CONSTATAÇÃO...

 
CONSTATAÇÃO...
 
CONSTATAÇÃO...

Todo aquele que se conhece
Mesmo nos momentos de crise,
Não se perderá nos próprios labirintos!!!
 
CONSTATAÇÃO...

A CARÊNCIA AFETIVA...

 
A CARÊNCIA AFETIVA...
 
A CARÊNCIA AFETIVA...

Talvez seja o bem do século...
Sendo uma maneira instintiva...
Das pessoas se buscarem...
Se humanizarem...E, assim...
Perpetuarem a vida!!!

11/06/2007
 
A CARÊNCIA AFETIVA...

Silêncio

 
Silêncio
 
"Ás vezes o silêncio é ensurdecedor".
 
Silêncio