https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Fim

 
Tags:  história    espelho    imagem    despertar    fatalidade  
 
Reconheça, pelo menos uma vez
você foi feliz
Se hoje sobra escassez
Foi você quem assim quis

Estávamos tão bem
Tudo parecia tão lindo
Mas você sonhou além
Sem estar dormindo

Confiou no sonho
Mais do que na realidade
Despertar medonho
Inevitável fatalidade

Nossa imagem no espelho
Ninguém mais imaginou
Nossa história de joelho
Nunca mais se levantou

Nunca mais me levantei
Quanto a você, não sei


Cláudia Banegas

 
Autor
Cláudia Banegas
 
Texto
Data
Leituras
585
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
zzipperr
Publicado: 09/10/2009 00:31  Atualizado: 04/11/2009 23:48
Da casa!
Usuário desde: 24/04/2009
Localidade:
Mensagens: 304
 Re: Fim
.