Poemas : 

Continuar

 
Pinta-me
Com tua cor de paixão
Com teus lápis de razão
Limpa-me
Com teu amor de paz
Que a tua alegria me tras
Elabora-me
Com tua arte inesplicavél
Com teu dom inagualavél
Aperta-me
Com teus braços de guardião
Com teus amaços de perdão
Mostra-me
Com tua luz guerreira
Com teu amor à beira



não é dificil ser alguém é fácil é não ser ninguém

 
Autor
SaraCosta
Autor
 
Texto
Data
Leituras
761
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/06/2010 21:37  Atualizado: 03/06/2010 21:37
 Re: Continuar
Saraaaaaaaaaa

Não sei a quem destina, mas está um poema bem profundo nas palavras, gostei, como gosto de tudo em ti =X

bjs, DTA

Bernardo



Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/06/2010 02:30  Atualizado: 04/06/2010 02:30
 Re: Continuar
Ola Sara.

Gostei da profundidade deste poema simples ao primeiro olhar. Contudo grande no sentimento continuado.

Muito bom


Beijo azul