https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Como a primeira vez

 
São tantas e tantas vezes
Que renasço na última gota de fel

A carne transforma-se em pedra
Lentamente… com requinte.

São tantas e tantas vezes
Que morro no ultimo beijo de mel

A ferida nasce no peito
Rapidamente… sem aviso.

São tantas e tantas vezes
Que me perco dentro das palavras

E renasço e morro e renasço e morro
Como se fosse sempre a primeira vez.

 
Autor
manucodiata
 
Texto
Data
Leituras
452
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Runa
Publicado: 11/06/2010 23:11  Atualizado: 11/06/2010 23:11
Colaborador
Usuário desde: 24/04/2010
Localidade: Santo Antonio Cavaleiros
Mensagens: 1177
 Re: Como a primeira vez
Passamos a vida a morrer... e só renascemos para poder morrer outra vez.

Gostei de ler.

Abraço amigo.