https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

AS MÃOS DE UMA POETISA

 
AS MÃOS DE UMA  POETISA
 
OLHOS FIXOS NO PAPEL
A CANETA AZUL
DESENHA LETRAS
FAZ SEU POEMA
DELINEANDO PALAVRAS
VINDAS DE DENTRO DE SEU SER
LETRAS BEM ESCRITAS
PERCEBE OS DEDOS ANTES TÃO BONITOS
TRANSFORMADOS
SÃO DEDOS GROSSOS AGORA
A ARTROSE FOI SUA INIMIGA
FAZ DE SEUS DEDOS, DOR SENTIDA...

AS UNHAS LONGAS
SÃO MUITO BEM PINTADAS
DISFARÇANDO A DOR DA MULHER
A VAIDADE TEM SEU PAPEL
MESMO EM DEDOS TORTOS, USA-SE ANEL...

FICA TRISTE POR UM MINUTO
LEMBRANDO QUANDO TINHA AS MÃOS BELAS:
AS MÃOS QUE ESCREVIAM VERSOS, PINTAVAM TELAS...

A ARTROSE NÃO A ALCANÇAVA NAQUELA ÉPOCA
BATIA MÁQUINA POR TODA MADRUGADA
POEMAS, QUE SAÍAM SEM ESFORÇO
BASTAVA ALI FICAR
E A INSPIRAÇÃO SE INSTALAR...

A MÁQUINA ERA AZUL
ASSIM COMO A TINTA
QUE ESCREVIA NO PAPEL
SEMPRE A MESMA COR...
AGORA, PASSA PARA A TELA FRIA DO COMPUTADOR
AQUELES TEMPOS, A MULHER DEIXOU PARA TRÁS
ERA MOCINHA NOVA
PASSADO QUE NÃO VOLTA MAIS...

AS PALAVRAS MUDARAM
OS SENTIMENTOS TAMBÉM
OS TEMAS ESTÃO DIVERSIFICADOS
ELA SEMPRE TENTA IR ALÉM...

A MULHER,
POETA DE NASCIMENTO
NÃO JOGA PALAVRAS AO VENTO
QUER IMORTALIZÁ-LAS
EM VERSOS
DEIXANDO AQUI E ALI
PARA AS GERAÇÕES QUE ESTÃO POR VIR...

SÃO LETRAS DESENHADAS
PELAS SUAS MÃOS DE FADA
COM TOQUES SUTIS
DE CORPO, ALMA E CORAÇÃO
COLOCANDO EM SEUS VERSOS TAMBÉM,
CERTA DOSE DE SEDUÇÃO...

 
Autor
FátimaAbreu
 
Texto
Data
Leituras
899
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Antónia Ruivo
Publicado: 01/08/2010 22:29  Atualizado: 01/08/2010 22:29
Colaborador
Usuário desde: 08/12/2008
Localidade: Vila Viçosa
Mensagens: 3906
 Re: MÃOS DE UMA POETISA
Gostei muito de te ler poeta amiga, beijinhos


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/08/2010 22:33  Atualizado: 01/08/2010 22:33
 Re: MÃOS DE UMA POETISA
Pôxa...que tão lindo e verdadeiro...me emocionei ao ler...parabéns por tamanha sensibilidade!