https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

GIRASSOL

 
Tags:  desejo    soneto    beleza    mitologia  
 
GIRASSOL

Dança, Mitra, revela a juventude
Rodopiando pelo Sol feliz!
Dança expondo a sublime pulcritude
Do corpo sem nenhuma cicatriz...

Canta, Mitra e nos leva à plenitude
Vestindo e revestindo a brisa gris
De cores ardorosas de amplitude,
Seja a brisa a suprema imperatriz!

Surja, Mitra, na ausência do Rei Sol,
Nestes versos tão simples e minúsculos...
Sê meu guia, rapaz, o meu farol!

Gira, Mitra, mostrando os grossos músculos!
Lascivamente dança, girassol!
Aurora de tantíssimos crepúsculos!

Rommel Werneck




sempre seu,
Rommel Werneck
www.poesiaretro.blogspot.com


 
Autor
lordbyron
Autor
 
Texto
Data
Leituras
825
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.