https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

LAVA LASCIVA

 
Tags:  amor    medo    soneto    ROMMEL WERNECK    LAVA  
 
 
LAVA LASCIVA

Lava lasciva, lúgubre que lava
O fluxo desta vida tão flexível...
Ela, lépida, lânguida e inflexível
Lúbrica, lacrimal, lasciva lava!...

Lava lasciva límpida que leva
Tudo e todos, flui livre e libertina,
Desliza, escorre, desce e se releva!
Fluxuosa letal bela neblina...

Lava lasciva lívida e veloz,
Que transforma, converte este reduto
No céu mais flamejante e mais feroz!

Aos homens e mulheres impõe luto,
A tudo e todos, lança ardor interno...
Lava lasciva, fogo negro e eterno!

Rommel Werneck

http://www.youtube.com/watch?v=X8yBwylxL00




sempre seu,
Rommel Werneck
www.poesiaretro.blogspot.com


 
Autor
lordbyron
Autor
 
Texto
Data
Leituras
933
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
1
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Angela.Rolim
Publicado: 25/01/2011 12:53  Atualizado: 25/01/2011 12:53
Colaborador
Usuário desde: 11/11/2010
Localidade:
Mensagens: 1162
 Re: LAVA LASCIVA
Gosto do escrito, pois aprecio deveras sonetos e os escrevo, embora com um estilo diferente do seu. Amei o seu visual, adoro os irreverentes!