https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Mauro

 
Mauro é o meu amor
É o objecto da minha devoção
Tenho-lhe tanto fervor
Que se me queima o coração
Sendo que o meu maior pavor
É que se lhe acabe a emoção
Ai amor, amor ,amor
És a minha grande paixão
Vivo num total torpor
É uma estranha sensação
Não tem cheiro, é incolor
Vem mesmo do fundo do coração
Pena é não ser indolor mas o amor é assim, é como um trovão!


Patrícia de Portugal

 
Autor
quimera
Autor
 
Texto
Data
Leituras
446
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.