https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

As cordas dos teus dedos

 



As cordas dos teus dedos não gemem pérolas.
Nem notas tónicas se escrevem no esforço dos obtusos teimosos.
Cansa o corpo de movimento e dança na sua harmonia!




Sou divina e imortal

 
Autor
Erato
Autor
 
Texto
Data
Leituras
301
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.