https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

AS TRANSPARÊNCIAS DO INVISÍVEL

 
Tags:  invisível    transparências  
 
Open in new window


Quadro de Alex Kanevsky






Ando tão desacostumada
de sentir que conto
todas as nuvens
em teus imensos olhos azuis
com certa fraqueza
e cansaço.

É tão triste
quando as coisas
estão dissolvidas dentro da
gente como folha de livro velho
que vai quebrando com qualquer
mão incauta,
com o toque mais delicado.

Perdi tantos pedaços
de mim em páginas
antigas,
em histórias inacabadas,
em coisas desencantadas.

Não espere fogos de artifícios
ou solstícios.
Não espere nada.
Ainda falta muito
-muito mesmo-
para você aprender a me ler.

Minhas metáforas
foram escritas do outro lado
da folha.
Tenha o cuidado de procurar
as minhas transparências
no invisível.
O que os seus olhos
vêem é apenas uma única
possibilidade do real.
Eu sou uma verdade fugidia.





Karla Bardanza




 
Autor
Karla Bardanza
 
Texto
Data
Leituras
762
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
8
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
GeMuniz
Publicado: 22/11/2011 01:27  Atualizado: 22/11/2011 01:28
Colaborador
Usuário desde: 11/08/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 7283
 Re: AS TRANSPARÊNCIAS DO INVISÍVEL
Vim ler porque sei que vou gostar. Seus poemas têm alma. Uma outra alma que não é tua, nem da escrita, é do próprio poema...

beijo, Karla


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 22/11/2011 09:36  Atualizado: 22/11/2011 09:36
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: AS TRANSPARÊNCIAS DO INVISÍVEL
SEU POEMA EST UM LUXO, QUE MARAVILHA.

MARTISNS


Enviado por Tópico
EmanuelAndrade
Publicado: 22/11/2011 20:26  Atualizado: 22/11/2011 20:26
Super Participativo
Usuário desde: 15/10/2011
Localidade:
Mensagens: 129
 Re: AS TRANSPARÊNCIAS DO INVISÍVEL
está muito bem feito o seu poema parabens


Enviado por Tópico
Felisbela
Publicado: 22/11/2011 23:43  Atualizado: 22/11/2011 23:43
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2011
Localidade:
Mensagens: 2207
 Re: AS TRANSPARÊNCIAS DO INVISÍVEL Para Karla Bardanza
Adorei ler o seu poema...e o final foi soberbo, e destaco:"o que os seus olhos vêem é apenas uma única possibilidade do real. Eu sou uma verdade fugidia."
Parabéns!
Beijinho
Felisbela