https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

[expõe-se o homem no leme]

 
.
.
.
.
.
.
.
.
.......................
***********************

Abrigam-se algumas proteções,
escondidas por um manto suspenso,
prestes a esvoaçar sem destino,
expõe-se o homem no leme,

e é no mar que se encerram
as palavras, prolonga-se o circulo,
que se deseja quebrado.
Nascem areais desconhecidos,
detroem-se as ondas contra rochedos,
que resistem.

Acordam das profundezas sonhos,
viagens sem fim,
conquistam-se castelos inacessiveis,
com o raio da trovoada acendem-se pavios,
ilumina-se a tempestade,

expõe-se o homem no leme.

Resistem sentimentos, perdas,
até saudades,
pouco interessa,
nem o cinzento amanhecer
ilumina as sombras carregadas,
tão carregadas
que se arrastam como pedintes,
como putas velhas pelas vielas,
procurando algum vinho,
procurando algum calor,
vendo algumas aves que se protegem

expõe-se o homem no leme.

De nada serviram os avisos,
tantos os queixumes,
tantas teimosias, como se tudo
se conhecesse, mesmo o desconhecido
deserto de algas moribundas,
orgulhos,
superioridade momentanea, surdez,
e ao furacão repentino, devastador,

expos-se o homem no leme.






"Floriram por engano as rosas bravas
No inverno:veio o vento desfolha las..."
(Camilo Pessanha)

http://ricardopocinho.blogspot.com/





das viagens...

O Transversal
“La Folie, Lydia the Tattooed Lady, dos irmãos Marx,... das viagens, das estações do ano, das partidas e de alguns regressos..
 
Autor
Transversal
 
Texto
Data
Leituras
614
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 19/01/2012 13:21  Atualizado: 19/01/2012 13:21
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29222
 Re: [expõe-se o homem no leme]
UMA MARAVILHA DE POEMA, ENCANTO

JOSÉ CARLOS RIBEIRO


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 20/01/2012 00:03  Atualizado: 20/01/2012 00:03
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: [expõe-se o homem no leme]
O leme parece cego aos olhos
tateando destinos e criando abismos
por dentro. Assim senti...
Postei hoje o dueto, desculpe por ser
atrapalhada e obrigada pelo poema (esse e o outro)
bjs