https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Ilusão : 

A COLHEITA (Victor Motta)

 
Tags:  amor    vida    ilusão  
 
A COLHEITA

UM RELÂMPAGO
AZUL DE ILUSÃO
RISCOU, NO NEGRO
DE UM CÉU DE DÚVIDAS,
O BRANCO DE SEU NOME…
AFAGO
DE NUVENS,
CARÍCIAS,
DERRAMADAS
EM GRANDES GOTAS,
QUE CRESCERAM
E INUNDARAM A VIDA.
ONDA DE TERNURA
TÃO PURA
TÃO QUERIDA!
MAS, QUANDO O SOL
BRILHOU NO HORIZONTE
AS ÁGUAS
TINHAM LAVADO A TERRA,
E NÃO MAIS VINHAM
DO ALTO ROLANDO,
OS RISOS DAS MÃOS
QUE PLANTARAM AS SEMENTES
DAS JURAS
DO AMOR-ETERNO.
E A TERRA LAVADA
SECOU AO SOL,
PARTIU-SE,
PEDAÇO-POR-PEDAÇO,
DESFAZENDO-SE
A ILUSÃO-ENGANO,
PASSO-A-PASSO
NO CAMINHO
DE UM OUTRO ANO.

Autor: Victor Motta


Livre-pensadora, livre-sonhadora

Autor: Victor Motta
Blog: cariucho.wordpress.com
 
Autor
Manu_C.
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1296
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
JBMendes
Publicado: 27/02/2012 11:50  Atualizado: 27/02/2012 11:50
Colaborador
Usuário desde: 13/02/2010
Localidade:
Mensagens: 5222
 Re: A COLHEITA
Querida Manu C - Revelando seu bom gosto postou o poema do VICTOR MOTA a quem dou meus parabénspela beleza da sua poesia.
Um abração aos dois.
JBMendes