https://www.poetris.com/
 
Textos : 

Luso - desabafo

 
Onde estão as obras dos que desdenharam da boa vontade dos outros?
Para onde foram as vozes dos que gritaram histerias aos quatro ventos, formando assim a legião fanática da estupidez? Acaso não se terão acabrunhado por não ter vingado a gravidez da besta... O que raio terá acontecido (e me escapou) que lhes terá gorado as intenções? Malvadez é como a estupidez... ambas sem tamanho!
Enxotaram os poetas (alguns dos melhores) e nada fizeram nem deixaram fazer. Agora, abalaram de rabo entre as pernas para lugar incerto. Um dia serão capazes de voltar(voltam sempre), disfarçados de qualquer outro que lhes convier na ocasião.
O luso não morreu, mas que sofreu um ataque de um estranho vírus e se modificou, disso não tenho dúvidas.


*... vivo na renovação dos sentidos, junto da antiguidade das lembranças, em frente das emoções...»

Impulsos

coisa pouca

 
Autor
cleo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
891
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
9 pontos
9
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 11/11/2012 11:14  Atualizado: 11/11/2012 11:14
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8081
 Re: Luso - desabafo
Um desabafo cheio de razão, e pior, foram ficando e riem-se achando-se.
Beijo cleo


Enviado por Tópico
sendoluzmaior
Publicado: 11/11/2012 13:02  Atualizado: 11/11/2012 13:02
Subscritor
Usuário desde: 01/05/2012
Localidade: Belo Horizonte- Pampulha
Mensagens: 3791
 Re: Luso - desabafo
Eu não gostei nada do que vi.
Lamentável determinadas atitudes e criticas.
Abraço luminoso.


Enviado por Tópico
João Marino Delize
Publicado: 11/11/2012 13:03  Atualizado: 11/11/2012 13:03
Colaborador
Usuário desde: 29/01/2008
Localidade: Maringá-
Mensagens: 2327
 Re: Luso - desabafo
Já disse o poeta e não foi a exmo
Pois no mundo que a maldade infesta
Cedo ou tarde, tudo o que não presta
Por certo vai morrer por si mesmo.

abraços


Enviado por Tópico
Caio
Publicado: 11/11/2012 13:54  Atualizado: 11/11/2012 13:54
Colaborador
Usuário desde: 29/09/2011
Localidade: Olinda, Pernambuco
Mensagens: 1140
 Re: Luso - desabafo
"toda sombra, não importa quão profunda,
é ameaçada pela luz da manhã
."

acredito que com esforço e dedicação,
podemos nos livrar do mal que assola.

é preciso apenas não esmorecer,
não perder o foco e continuar.

muita coisa ainda há de mudar
pra melhor e poderemos ver
novamente os bons tempos
em que estas águas azuis
não eram represadas.

beijo, cleo


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 13/11/2012 01:35  Atualizado: 13/11/2012 01:35
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Luso - desabafo
Ando sentindo o exílio dos poetas,
flores espalhadas pelo chão no silencio das canetas.
Parece que o lugar que me criou está em chamas frias.
Relembra-me a ditadura que não vivi e quero esquecer,
esquecer todos os guris que ao morrer se espalharam
pelos olhos da mães que marcham num ventre oco.
Ando triste só de sentir suas palavras tão atentas.
Obrigada. bjs