https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

CORREIO ELEGANTE

 
Tags:  SONETOS 2005  
 
CORREIO ELEGANTE

Qual é a chance d'eu te surpreender?
Já leste o que mais tenho de sincero,
Mas mesmo assim m'o tomas por invero,
Inverossímil... Ou ambos, vai saber...

Se escrevo para ti, quando eu me ler
Quero ali ver exacto que te quero.
Por dar-me a conhecer, eu pouco altero
N'estes versos que vivo a te escrever.

Já tarda: Foi se o sol. Passa das seis...
Escuta da poesia pelo poeta,
A voz do coração e suas leis!

Não sei dizer se me é a dor completa,
Só sei que tenho versos n'alma inquieta
Como se ouro de tolo para reis.

Belo Horizonte - 12 06 2005


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
386
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.