https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Je me Souviens

 
Sim, eu me lembo como penetrastes o

meridiano do meu coração.

Naquela noite de descobertas, imprimistes

tuas digitais em mim.

Ainda esbocei um movimento de defesa e

reação, mas na tentativa de me tranquilizar

introduzistes teu dedo polegar em minha

boca.

Abusando cada vez mais do poder, fostes

passando teus dedos para o interior,

trocando-os e tocando-me

profundamente...

Dobrou-me com facilidade, lá estava teu

dedo médio reinando absoluto, aliviando meu

coração.

(Des)cobriste-me pelas polpas dos dedos!



Janna



 
Autor
Jmattos
Autor
 
Texto
Data
Leituras
352
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
54 pontos
14
4
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
lovenyl
Publicado: 26/05/2016 01:22  Atualizado: 26/05/2016 01:32
Super Participativo
Usuário desde: 27/03/2013
Localidade: SERRINHA - BAHIA - BRASIL
Mensagens: 142
 Re: Je me Souviens
humm muito bonito inspirativo, gostei!


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 26/05/2016 14:42  Atualizado: 26/05/2016 14:42
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9305
 Re: Je me Souviens
Bom dia Janna, teus versos enredam uma personagem devotada aos meios de sedução que lhe foram ofertados por um determinado alguém que a penetrou em corpo e alma com o seu mode delicado de ser, parabéns pelo vosso envolvente poema, eu te desejo um feriadão de muitas satisfações, um abraço, MJ.


Enviado por Tópico
SEMEANO
Publicado: 27/05/2016 00:13  Atualizado: 27/05/2016 00:13
Da casa!
Usuário desde: 18/02/2014
Localidade: Lisboa - Portugal
Mensagens: 383
 Re: Je me Souviens
Que bonito.
E assim vem a inspiração!
Bjos,
Semeano


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/05/2016 22:58  Atualizado: 27/05/2016 22:58
 Re: Je me Souviens
...estou vendo o Leandro mais uma vez, ele me inspira, tem uma síntese qualitativa que impressiona, qual fiquei com seu texto, quando nos rendemos, quando somos tocados. Declarar que Romeu e Julieta não é uma peça de amor, é algo de coragem, mas bem observado , como ele diz. Igual ao teu poema, no qual se desvenda uma porta aberta à paixão, e os dedos, dedos de poesia, dedos de maestria vão percorrendo seu longo e doce caminho. Parabéns pelo texto.'


Enviado por Tópico
geraldocoelho
Publicado: 04/06/2016 23:20  Atualizado: 04/06/2016 23:20
Colaborador
Usuário desde: 14/11/2010
Localidade:
Mensagens: 625
 Re: Je me Souviens
Doux souvenirs!...
--------------------------------------
Uma verdadeira consagração ao amor!...
A tradução do verbo amar!...
Cara poetisa..Amei!...Aplausos pelo belo trabalho literário; aplausos e beijos fraternos.


Enviado por Tópico
Eureka
Publicado: 13/06/2016 10:15  Atualizado: 13/06/2016 10:15
Colaborador
Usuário desde: 02/10/2011
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4239
 Re: Je me Souviens
Olá Janna,

Ainda não tinha visto esta tua partilha malandreca, por sinal.
E que a inspiração não se afaste mais de ti, que todos te queremos ler mais frequentemente.

Parabéns, teu poema/crónica ficou muito bom.

Beijionhos
Eureka


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 27/06/2016 23:47  Atualizado: 27/06/2016 23:47
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: Je me Souviens
Insano esses momentos onde a pele é tocada pelos dedos que caminha pelo corpo invadindo os sentidos êxtase