https://www.poetris.com/
Prosas Poéticas : 

Não vá… querida!

 
Open in new window

Peço-te que vasculhe
Esta alma,
Não te apoquentes,
Entre em mim
Me conheça ao profundo,
Disseque este coração
Repleto do mal e do bem.
Não vá…
Não vá sem saber
Dos meus amores e dissabores,
Das minhas dores e alegrias,
Não vá… querida!
Deixa-te ficar nesta labareda
Que irrompe das profundezas
Do meu coração apaixonado,
Não vá…
Aqueça-te neste mar de lavas
Que corre em minha alma,
E desagua no fogoso estuário
Do teu imaculado coração

Adelino Gomes-nhaca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
148
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
4
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 19/05/2017 02:48  Atualizado: 19/05/2017 02:48
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 7563
 Re: Não vá… querida! ´/PARA UPANHACA
Um poema que mais parece um mar de calmas ondas pra falar dos sentimentos, Adelino. Gostei da suavidade que imprimiu em teus versos, parabéns !

Beijinhos


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 21/05/2017 11:36  Atualizado: 21/05/2017 11:36
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 26034
 Re: Não vá… querida!
A ternura das palavras engrandece os mais lindo momentos de um lindo amor