https://www.poetris.com/
Poemas : 

Ficou somente a saudade

 
Eu te amo tanto, que nem sei tecer-te um canto...
Vivo somente em planto...
Quando fito chegar o entardecer,
sinto logo o coração se encher do azul escuro do infinito,
e palpitar de pura emoção.

E sinto uma febre imensa do amor,
que do meu peito fervilha,
tenta fugir de mim ante tanta maravilha.
Como te amo minha querida!
Quero em teu seio terminar o tempo que tenho para viver,
e ali ficar até o fim de meus dias.

Vejo-me às vezes tão sozinho e triste,
sinto que tenho em meu peito um grande deserto,
uma devastação jamais sofrida,
todos meus bens foram levados
pelo vento forte de um temporal
vindo do norte.

A minha própria esperança foi destruída;
até creio que nada de bom exista,
e nesta minha rude solenidade vida,
somente tu vens visitar-me
amiga eterna: – SAUDADE!

Eliezer Lemos

 
Autor
LemosLemos
 
Texto
Data
Leituras
157
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 01/10/2017 12:29  Atualizado: 01/10/2017 12:29
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: Ficou somente a saudade
Lindo poema.

Somente saudade que ama, pois ele é a essência dos momentos que ficaram onde duas alma loucamente se amaram