https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Do amor bandido, sei livrar

 
Open in new window

Nos amores bandidos
Que andam por aí,
Em seus lenções nunca caí,
Meu coração nunca foi vendido

Por preço que o mundo vende
Nas horas da ponta do falso amor,
Que só causa a dor
A quem a ele se rende

No amor bandido,
Não aposto na fragilidade d’alma,
Nem dececiono quem me ama
Com alicerces de amor compreendido

Sou ferrenho amante
Mas do amor bandido sei livrar,
E quando me deixo amar,
Amo com coração ardente

Adelino Gomes-nhaca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
472
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
24 pontos
2
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Tonton
Publicado: 06/01/2018 19:50  Atualizado: 06/01/2018 19:50
Colaborador
Usuário desde: 13/09/2016
Localidade:
Mensagens: 612
 Re: Do amor bandido, sei livrar
lindo