https://www.poetris.com/
Sonetos : 

MULHER INDÔMITA

 
Tags:  amor    vida    mulher    gratidÃo  
 


Maravilhosas, marcantes, maternidade;
Unidade ululante, universo utilitário
Literalmente límpido; localidade
Honrada, humana, honorário hereditário.

Expressão elegante, expoente; eternidade
Rica, rara, ravina rubra, relicário
Inconteste, incomum; ilibada irmandade.
Nitroglicerina nativa. Necessário.

Dádiva divina, deslumbrante. Discurso
Ômega. Órbita opulenta; Ouro original.
Mantenedora magistral, mãe, minicurso.

Infinita, irradiante, impolutamente
Talhada. Transcende tormentas. Tradicional.
Ama, alucina, apascenta amorosamente.

Hoje,08MAR18, resolvi homenagear a todas as mulheres deste mundão, em especial às minhas 4: mãe, esposa e duas filhas. Fruto disso compus este soneto Alexandrino, Acróstico e Aliterado, n’um momento raro de muita luz e inspiração. PARABÉNS A TODAS AS MULHERES!!!!!
 
Autor
CHAGASFERREIRA
 
Texto
Data
Leituras
154
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.