https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

Sangra mesmo

 


Querendo encontrar um meio termo...

Falando do mesmo assunto de

uma maneira diferente.

Eu sofro, lamento.

Ele bebe, é um suicida

ou encontrou um modo de seguir em frente.

É egoísmo não querer perdê-lo?

Como amenizar a dor do peito?

Ele abusa dos goles de veneno

Pressinto sangramento!


Janna



 
Autor
Jmattos
Autor
 
Texto
Data
Leituras
206
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
4
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 07/03/2019 12:56  Atualizado: 07/03/2019 12:56
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9167
 Re: Sangra mesmo
Bom dia Janna, teus versos enredam um personagem descuidado dos valores intrínsecos da vida humana, e dedicado as prazeres destrutivos do nosso metabolismo biológico, e mental, parabéns pelo vosso incisivo poema, um abraço, MJ.


Enviado por Tópico
boxer
Publicado: 09/03/2019 09:41  Atualizado: 09/03/2019 09:42
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2009
Localidade:
Mensagens: 692
 Re: Sangra mesmo
.
Há uma canção antiga que nunca me deixou quando precisei dela:

"Oh you are in my blood like holy wine
You taste so bitter
And you taste so sweet
I could drink a case of you darling and I would
Still be on my feet
Oh I would still be on my feet"

Espero que goste, Janna.