https://www.poetris.com/
Poemas -> Intervenção : 

perdizes

 
Open in new window

as vezes
toca-me vozes
a despedir
de algum lugar

as vezes
quebro nozes
a buscar
em algum bazar

as vezes
resta-me ases
a jogar
em algum azar

as vezes
voo com perdizes
a recolher
em algum pomar

AjAraujo, o poeta humanista.
 
Autor
AjAraujo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
109
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
amifrejr
Publicado: 02/07/2019 00:22  Atualizado: 02/07/2019 00:22
Muito Participativo
Usuário desde: 28/03/2017
Localidade: ALEXANDRIA & RIACHO DA CRUZ-RN
Mensagens: 79
 Re: perdizes
Bela poesia!