https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

POR ARMA DE FOGO

 
Tags:  POR ARMA DE FOGO  
 
POR ARMA DE FOGO

Porque armas não fazem distinção:
Ferem tanto culpados e inocentes.
Máquinas de matar que, indiferentes,
Fazem valer do estúpido a razão.

Os que fazem das armas profissão
Não se têm por violentos, sim valentes.
Exigindo atenuantes e excludentes
Para as ilicitudes do esquadrão...

Danos colaterais, baixas civis...
Enquanto homens de bem e malfeitores
Mal se distinguem pelas acções vis.

Milícias competindo por horrores
Têm tudo dominado em todo país
Sob a lei dos mais fortes e maiores.

Betim - 12 12 2019


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
238
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
João Marino Delize
Publicado: 13/12/2019 13:42  Atualizado: 13/12/2019 13:42
Colaborador
Usuário desde: 29/01/2008
Localidade: Maringá-
Mensagens: 3090
 Re: POR ARMA DE FOGO
Quando se ouve que alguém morreu porque trocou tiros com a polícia se vê o morto cravado de balas, mas nunca se vê a viatura com marcas de tiros...