https://www.poetris.com/
Poemas -> Dedicatória : 

ANTE O SOL

 
Tags:  poema  
 
ANTE O SOL
 
ANTE O SOL
(Jairo Nunes Bezerra)

Em pleno dia somos assaltados,
Os vírus são visíveis e atuam nas ruas...
Em suas vivências persiste o passado,
Exaltando a continuidade nua e crua!

Lamento que isso continue a acontecer,
Sem que sejam combatidos...
Alguém nesse vai e vem tem de perecer,
Tal cachorro liberando os seus latidos!

E milhares de seres são vitimados,
Num ambiente reduzido, sempre apertado,
Sem intermitências policiais!

Fazendo parte dos milhares de isolados,
Considero-me um insensato,
Refulgindo nos adjacentes mananciais!







 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
71
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.