https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Desilusão : 

Retrato

 
Retrato

Imácula figura de albor tristura
De inerte retórica de baça falaz

Quão lúrido, e real cor enturva
Na tela dissimula imagem sagaz.

Regela o pináculo e tão sombria
História que reside no engonho

Do inábil idiota que choraria
Pr'a imagem co'o falso risonho.

Ah que minhas pálpebras choraram
E novamente de dia a dia chorarão

Com lágrimas de saudades e araram
Alvorota aziaga dentro do coração.

Que dor estranha rói minh'alma
E que dor benévola é a do amar

O notório garante altas palmas
O poeta escreve o sonho a sonhar.

Ó retrato, ó retrato apoucado
Não chore p'la triste realidade

Em face esfia análogo o machucado
E escarra a tão inútil vontade.

Ó imagem, ó imagem linda a olhar
Os versos do poeta apenas fanam

O sentimento que no todo é o amar
E no retrato impreca... Acabam!


"Amar-te é ter a certeza que morrerei por um propósito;"

 
Autor
Stacarca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
833
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
6
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Tália
Publicado: 05/02/2007 21:41  Atualizado: 05/02/2007 21:41
Colaborador
Usuário desde: 18/09/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2503
 Re: Retrato
a saudade, o amor, o sonho, a desilusão...
lindo...

Enviado por Tópico
TrabisDeMentia
Publicado: 05/02/2007 21:49  Atualizado: 05/02/2007 21:49
Webmaster
Usuário desde: 25/01/2006
Localidade: Bombarral
Mensagens: 2265
 Re: Retrato
Oi Stacarca! Gostei muito das rimas mas tive a notória sensação de estar a ver um filme sem legendas. Apanhei tudo muito por alto. Vai-me prometer uma coisa, num próximo, traduza!
Um abraço amigo!
Inté!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 06/02/2007 09:35  Atualizado: 06/02/2007 09:35
 Re: Retrato
Que bonito...

gostei

bjo

Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 06/02/2007 11:15  Atualizado: 06/02/2007 11:15
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: Retrato
O amor é realmente um dor saborosa de sentir!
Belos versos!

Beijinhos

Enviado por Tópico
Paloma Stella
Publicado: 06/02/2007 13:34  Atualizado: 06/02/2007 13:34
Colaborador
Usuário desde: 23/07/2006
Localidade: Barueri - SP
Mensagens: 3514
 Re: Retrato
Retratando em belas palavras como tu sabes fazer, não é mesmo poeta.
Bem sei eu das coisas belas que escreves, e todos nós sabemos muito bem apreciá-las.
Esta é mais uma delas em que sinto, leio, e vejo belissimas palavras vindo de ti meu querido Poeta.

Com lágrimas, dor, tristeza, mas nunca sem sentimentos.

beijinhos

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/02/2007 03:01  Atualizado: 11/02/2007 03:01
 Re: Retrato
Gostaria de expressar que é fecunda a sua experiência com os dísticos (estrofes de dois versos) que é pouco visto hoje. Tem a característica marcante do seu estilo próprio e seu gosto, o simbolismo, e as rimas ficaram bem dispostas e bem feitas.
É muito bom ver poesia nessa forma, apesar do ritmo do seu poema em algumas passagens ficarem prejudicadas pelas elisões em excesso, e as palavras ditas ‘velhas’, que acabaram quebrando o ritmo do poema e envelheram em demasia o texto.
Essas palavras velhas, em desuso são expressões que pouco se usam hoje, porque elas deixam o verso truncado na maioria dos casos nos poemas no geral, e o deixou no seu texto em algumas passagens. Entram em conflito com o próprio Simbolismo do poema, pois a prioridade dos simbolistas eram ‘sobretudo a música’ como dizia Paul Verlaine. Mas no cômputo geral o seu poema em dísticos ficou bom.
Saudações e abraços, Godi.