https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

O estendal dos nossos sonhos

 
 


qual de nós
encurta o beijo
nos lábios
sem desassossegar
o sopro no ouvido

qual de nós
reata
a locomotiva
do livro
após
o parágrafo
comprido
que foi
o nosso
silêncio

meu anjo
já não faz sentido
não dizer o que sinto
todos estes anos
moraste entre o pensamento
e o âmago

foste saudade repetida
nos dias que foram noites
nas noites que nunca chegaram a ser dias

não desistas
de completar
algo tão belo
que deixamos
para trás

anda
existe uma linda história
que podemos escrever
com as mãos
ziziando as linhas do corpo


rompendo o dorso
com os dedos
em gancho

vamos
há uma chama acesa
querendo arder
nos poros
nos olhos
no ventre
no colo
entre o instante e o sempre



 
Autor
Frágilvocábulo
 
Texto
Data
Leituras
260
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
2
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Abissal
Publicado: 23/06/2022 12:04  Atualizado: 23/06/2022 12:04
Da casa!
Usuário desde: 27/10/2021
Localidade:
Mensagens: 338
 Re: O estendal dos nossos sonhos
É muito bom ler um amigo iluminado, que escreve tão bem.
Um abraço