http://felipemendonca76.blogspot.com.br/
Poemas : 

Na pele gretada das palavras

 




Cheio de palavras de sol
rumaste ao norte
a preparar a madrugada.

Não deste conta das raízes
a enterrarem o choro
na concha das mãos.

Sobra-me o adeus
nas pontas dos dedos

enquanto uma solidão de chuva
move o fio da vida
e as sílabas do abandono
entre os lábios do poema.







 
Autor
maria.ana
Autor
 
Texto
Data
Leituras
182
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
2
3
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Abissal
Publicado: 03/06/2023 20:52  Atualizado: 03/06/2023 20:52
Membro de honra
Usuário desde: 27/10/2021
Localidade:
Mensagens: 485
 Re: Na pele gretada das palavras
Espero que um dia as possa sentir,sem dor. Como sempre, gostei da leitura.

Abraço, Maria.