https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

Cibernautas

 
Tags:  amor    poesia    desejo    tristeza    recordação  
 
não sei o que te fez desistir.
pergunto-me porquê?

foste uma esperança de realidade
num mundo de virtualidade.
tocaste-me. e de duas maneiras, pois
tão depressa me inspiraste como logo me destruíste.

ela – a esperança – ainda existe,
mas moribunda.

tudo o queria era sentir-te.
ter-te,
sem que fosses intangível.

procurava transformar
o efémero no eterno, o virtual no real.
provar que
a eternidade humana, se não é divina,
pode ser infinita.

e assim,
contigo, o meu “teu”
apenas,
viver.

in Geografia e outras Circunstâncias


Vicente Ferreira da Silva

 
Autor
VFS
Autor
 
Texto
Data
Leituras
572
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 24/11/2008 15:15  Atualizado: 24/11/2008 15:15
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: Cibernautas
Acontece ás vezes, mas permanece a esperança,
sentimento real. Beijos!