https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Introspecção : 

Sou Chocolate e quero ser Vidro

 
 
Sou Chocolate e quero ser Vidro.[/color]

Não quero ser um reflexo de desejo, de luxuria, de pecado.
Não quero ser bom no gosto e mau no corpo, objecto de validade marcado.
Não quero derreter, perder a graça, o explendôr, não quero desaparecer, ter traça ou bolôr.
Não. Quero ser vidro.
Quero ser reflexo daquilo que sou simplesmente, ser rijo, ser transparente.
Quero cair ao chão e partir-me num só momento, sem sentir nada, sem sofrimento.
Só quero ser vidro, nada mais.
Estou farto de ser chocolate.



Carlos Félix Rodrigues

Não sei, saiu.
 
Autor
CarlosFélixRodrigues
 
Texto
Data
Leituras
639
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.