https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Introspecção : 

infernus

 
<a href="http://vids.myspace.com/index.cfm?fus ... 78">NIGHTWISH:THE POET AND THE PENDULUM</a>
<object width="425" height="360"><param name="allowFullScreen" value="true"><param name="wmode" value="transparent"><param name="movie" value="http://mediaservices.myspace.com/serv ... dia/embed.aspx/m=25963378,t=1,mt=video"><embed src="http://mediaservices.myspace.com/serv ... dia/embed.aspx/m=25963378,t=1,mt=video"=&autoplay=1 allowfullscreen="true" type="application/x-shockwave-flash" wmode="transparent" width="425" height="360"></embed></object>

<a onblur="try {parent.deselectBloggerImageGracefully();} catch(e) {}" href="http://1.bp.blogspot.com/_vitOQ5DfqUU ... yena.jpg"><img style="margin: 0pt 10px 10px 0pt; float: left; cursor: pointer; width: 291px; height: 400px;" src="http://1.bp.blogspot.com/_vitOQ5DfqUU ... __Lust_by_Kyena.jpg" alt="" id="BLOGGER_PHOTO_ID_5374019175036429602" border="0" /></a>


























Simpática mistura de venenos que jorram da face
Saídos das entranhas dos medos e das rezas
Aventuram-se pelos limbos da sede (<span style="font-weight: bold;">deserto luciferino</span>)
Esmagando as intempéries tempestades das cores…
…nos rumores vazios das sombras!
Que se embargam na treva omnipresente

E clamam!

“<span style="font-weight: bold; font-style: italic; color: rgb(255, 0, 0);">Hoje dou-me a combustão do mal…que sou!</span>”

…então…

Dos olhos que não choram…não adoecem!
Das mãos que não agarram…frias, estéreis!
Do peito que não se abre…não sente!
Do negro centro que abomina a luz…que não bate!
Irradia a aspereza dos sorrisos
…dos sisos e crenças!

Arde a chama do poeta, desfaz-se a tinta!
Envenena o papel, rasura-se a alma!
Voa nos degredos do tempo
Nos limbos esquecidos da vontade!
Derramando cristais de sal das portas do espírito
…onde…
Salificas os murmúrios escondidos da aurora


Verte-se o choro que não existe
A vontade do perdão
Da culpa!

E não morres, sobrevives à queda…a tua!

Soltas um sorriso dos lábios
No teu sadismo impuro do ser
Hoje não és o és que nunca foste!
Vazio no vazio do nada, do abismo.

E na suplica de vida…

Desce a noite dos desejos…no sangue divino!
Na voz encantada e sílica de Sammael
Abres as asas num voo rasante…em chamas!
Atravessando as almas de quem vês!

<span style="color: rgb(255, 0, 0);font-size:180%;" >Infernos vives…infernos dás!</span>


"Quanto maior a armadura, mais frágil é o ser que nela habita!"



 
Autor
Gothicum
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1067
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
5
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
mim
Publicado: 26/08/2009 22:38  Atualizado: 26/08/2009 22:38
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2008
Localidade:
Mensagens: 2857
 Re: infernus
Que venham dos infernos ou de onde vierem...que venham as tuas palavra,s que tenho saudades de ler!

Beijocas

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/08/2009 22:53  Atualizado: 26/08/2009 22:53
 Re: infernus
NÃO PRECISA ESTAR NUM CAIXÃO PARA SABER QUE JÁ SE MORREU...
ABRAÇOS

Enviado por Tópico
SofiaDuarte
Publicado: 27/08/2009 08:47  Atualizado: 27/08/2009 08:47
Da casa!
Usuário desde: 19/12/2008
Localidade: Portugal
Mensagens: 338
 Re: infernus
Curioso...
Estou agora a desenvolver um projecto para um concurso em que usei uma forma diferente de dizer o mesmo +.+

Mas sempre prefiro as tuas palavras infernais, o calice divino das palavras...

Sempre é mais perfeito :)

abraços infernais!

Enviado por Tópico
Moreno
Publicado: 27/08/2009 09:59  Atualizado: 27/08/2009 09:59
Colaborador
Usuário desde: 09/01/2009
Localidade:
Mensagens: 3482
 Re: infernus
"Estejas alerta para a regra dos três. O que você dá retornará para você. Essa lição você tem que aprender. Você só ganha o que você merece." (In Silence - Portishead)

Envenenas o papel nessa chama em que rasuras a alma.

Abraço

Enviado por Tópico
*ci*
Publicado: 31/08/2009 19:08  Atualizado: 31/08/2009 19:08
Colaborador
Usuário desde: 28/02/2007
Localidade: Suiça
Mensagens: 689
 Re: infernus
As tuas palavras...tinha saudades de as ler...ainda bem que te volto a encontrar aqui...

Beijo da ci