https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Introspecção : 

O passeio do engano

 
Entre um ontem
Já distante
E um amanhã
Ainda longínquo
Há um tempo indefinido
Que o relógio vai marcando
No compasso vazio
Meio cheio de esperança
Por onde vai caminhando
A vida

Entre as memórias
Da lembrança
Que o vento não levou
E o que ainda falta
Do caminho
Lá vai o pobre do engano
Entretido com o sonho
Que toda a vida
Consigo guardou

Ruma decidido!
A passos firmes!
Seguindo as coordenadas do deserto
Que até daqui se avista
No horizonte
Do desconhecido...

Soubera eu o quanto
Do pouco
Que ainda me resta
E não desperdiçaria tanto
Com a ilusão
De que tudo isto
É o que me completa...

Mas que mais poderei eu fazer?
Se do tanto
Que poderia ser
E não fui
Nada guardei
A não ser as penas...

Iludo-me!
Bem sei
Mas mil vezes esta insana
Àquela outra que desiste
E se entrega ébria
Ao malogrado desespero
Do desmazelo da inércia
E se deita
Com ele na cama
Da infinita espera
Sem chegar a conhecer
O fim do caminho!


*... vivo na renovação dos sentidos, junto da antiguidade das lembranças, em frente das emoções...»

Impulsos

coisa pouca

 
Autor
cleo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1141
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
41 pontos
9
0
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Moreno
Publicado: 14/10/2009 18:22  Atualizado: 14/10/2009 18:22
Colaborador
Usuário desde: 09/01/2009
Localidade:
Mensagens: 3486
 Re: O passeio do engano
A ilusão é muitas vezes a almofada onde construímos os nossos sonhos.

Senti este teu poema!

beijo

Enviado por Tópico
HorrorisCausa
Publicado: 14/10/2009 18:57  Atualizado: 14/10/2009 18:57
Colaborador
Usuário desde: 15/02/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 2699
 Re: O passeio do engano
"Entre um ontem
Já distante
E um amanhã
Ainda longínquo"
há o hoje que pode marcar a diferença.


beijo

Enviado por Tópico
OlemaCorreia
Publicado: 14/10/2009 21:18  Atualizado: 14/10/2009 21:18
Da casa!
Usuário desde: 14/03/2009
Localidade:
Mensagens: 278
 Re: O passeio do engano
Cleo
Inevitáveis os enganos que nos vão na frente e sempre possível um deserto que se tem principio tem também fim. Mas compensadora é a esperança que se mostra presente. Lindo poema.
Beijo
Olema

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/10/2009 22:13  Atualizado: 14/10/2009 22:13
 Re: O passeio do engano
Cleo,
Gostei muito de ler este poema, onde pude sentir na cad~encia dos versos, a própria inércia do tempo dolente.
Parabéns

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 14/10/2009 22:29  Atualizado: 14/10/2009 22:29
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4528
 Re: O passeio do engano
Mesmo que seja enganatórias é bom ter ilusões, pois elas dá-nos forças para conhecer o fim do caminho.

Belo poetisa

Jinhos
Tudo de bom para ti

Enviado por Tópico
Amora
Publicado: 15/10/2009 00:34  Atualizado: 15/10/2009 00:34
Colaborador
Usuário desde: 08/02/2008
Localidade: Brasil
Mensagens: 4763
 Re: O passeio do engano
Li mais cedo esse imã e até agora tropeço em cada linha porque admirada ao extremo!
Favorito com certeza.
Beijos

Enviado por Tópico
poesiadeneno
Publicado: 15/10/2009 13:13  Atualizado: 15/10/2009 13:13
Colaborador
Usuário desde: 27/06/2009
Localidade:
Mensagens: 1407
 Re: O passeio do engano
Cleo

Muito bonito.Apreciei ler.

Grato pela partilha.



Beijo.

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 16/10/2009 00:22  Atualizado: 16/10/2009 00:22
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3857
 Re: O passeio do engano
A todos quantos me leram e me deixaram o vosso rasto da passagem em forma de carinhosas palavras, o meu agradecimento emocionado!
E também a quem leu em silêncio...

Um beijo para todos vós e bem hajam

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 16/10/2009 04:51  Atualizado: 16/10/2009 04:51
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: O passeio do engano
Assino embaixo de todas, resta saber quem manda...
vou levar...bj