https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Depois de ti

 
Tags:  vazio    fumaça    elendemoraes    ais  
 
Depois de ti
 
DEPOIS DE TI

Elen de Moraes Kochman

Depois de ti... o vazio,
A solidão, nada mais!
Um dia cinzento e frio,
Meus lamentos e meus ais.

Depois do ti... o amor
Já não tem gosto, nem graça,
Não tem perfume, nem cor!
Fogo morto sem fumaça.

Depois de ti... a paixão
Virou cinza, adoeceu,
Fez sangrar meu coração
Quando do teu se perdeu.

Depois de ti... só a morte
Pra mudar a minha sorte.


Open in new window

 
Autor
elendemoraes
 
Texto
Data
Leituras
1056
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
6
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Sterea
Publicado: 15/05/2010 15:06  Atualizado: 15/05/2010 15:06
Colaborador
Usuário desde: 20/05/2008
Localidade: Porto
Mensagens: 3397
 Re: Depois de ti
Um soneto fluído, de palavras corredias, como a água livre de um rio... clara e, simultâneamente profunda.

Beijinho, Elen.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/05/2010 13:23  Atualizado: 17/05/2010 13:23
 Re: Depois de ti
Ola Poeta


maravilhoso poema de amor-saudade. Depois de ti... Mais nada! Contudo a vida mostra que não acontece assim. A agua nunca é igual debaixo da mesma ponte.

Vou favoritar pela extrema beleza do seu trabalho

Beijo azul

Open in new window


Enviado por Tópico
NCosta
Publicado: 17/05/2010 22:54  Atualizado: 17/05/2010 22:54
Da casa!
Usuário desde: 17/05/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 232
 Re: Depois de ti
Elen,não sei quem fala mais alto:Se o poema ou se a figura da raposa x borboleta.Mesmo que singelos,seus versos rimam com elegância! Beijos, Neila