https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

HOJE, MAIS DO QUE ONTEM…

 




Hoje, mais do que ontem, sei o valor da vida,
Semente, corola, presente que nos endivida,
De amor, para dar e receber. Muito perdi…
Maus juízos… até que, enfim, me reconheci.

Muitos caminhos conheci, sem volta nem ida,
Outros tantos foi que os achei selados à partida.
Mas, quando, neste mundo, me achei assim,
Maiores foram as forças que criei dentro de mim.

Hoje, na casa dos quarenta, abandonei o fútil,
O fácil e o despreparo, quando, de vida útil,
Me cerquei – e aos que me rodeiam – de amor.

Não tenho por isso que recear qualquer temor,
Se o que eu tenho agora é toda esta felicidade,
Que, bem vistas as coisas, não escolhe idade.

Jorge Humberto
22/09/07






 
Autor
jorgehumberto
 
Texto
Data
Leituras
474
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
PaulaMartins
Publicado: 23/09/2007 18:57  Atualizado: 23/09/2007 18:57
Da casa!
Usuário desde: 01/11/2006
Localidade: Setúbal
Mensagens: 273
 Re: HOJE, MAIS DO QUE ONTEM…
Pois é... há que viver para aprender.
Lindo testemunho Poético.

Bjs