https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Porquês eternos

 
Que mistérios encerra
Toda e qualquer origem
Das várias formas de vida
Existência cá da terra
Outrora talvez virgem
Agora habitada e florida.

Escondem-se as razões
E diferentes liberdades
Dos filhos da natureza
São tantas as evoluções
Muitas as variedades
E tão pouca a certeza.

Milénios de gerações
Tão longo este caminho
Dum objectivo escondido
Ouvem-se ateus e religiões
Um ou outro adivinho
Na busca de um sentido.

Aprendes, ouves e sentes
Na vivência do dia a dia
Nas respostas que lês
Mas por mais que tentes
Concluis com nostalgia
São eternos os porquês.

Não tens que te alarmar
No muito que há a saber
Nem no que por ai se diz
Podes sempre perguntar
Mas não esqueças de viver
Procurando em ser feliz.

bloackt:


Nascer para ser feliz

 
Autor
bloackt
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1341
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
saraaldeia
Publicado: 15/10/2007 23:32  Atualizado: 15/10/2007 23:32
Participativo
Usuário desde: 13/10/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 26
 Re: Porquês eternos
A vida e o seu amago, excelentemente descritos!

Parabéns ;)

Cumprimentos,

Saraaldeia*

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/10/2007 08:18  Atualizado: 16/10/2007 08:18
 Re: Porquês eternos
É Bruno,
A vida tem muitos porquês...e um deles é será que me esqueceste?
Ou ainda te lembras de mim?
Abraços
ConceiçãoB