https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

POEMA A CAMINHO

 
Palavras aladas vão com a maresia
no sopro do vento levando poesia
aos poetas do mundo que esperam por mim
num doce poema que não mais tem fim

Será que me entendem sem me comhecer?
Será que me vêem sem eu aparecer?
mas fazendo parte de um grupo escolhido
em cada poema se faz um amigo

Como é bom saber que tão longe, ou mais perto
se comunga o sentir do sonhar tão certo
que une os poetas para além do espaço

Como é bom saber que meus versos vão ler,
levados nas nuvens, no céu, a correr
e chegam de longe, num apertado abraço...


Célia Santos

Soneto premiado com Menção Honrosa no VII Concurso
Literário Poesias sem Fronteiras, promovido pelo
Professor/Escritor Marcelo de Oliveira Souza, Brasil
 
Autor
celiacc
Autor
 
Texto
Data
Leituras
598
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
jessicaseventeen
Publicado: 05/03/2012 14:48  Atualizado: 05/03/2012 14:48
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2011
Localidade: Coimbra, Portugal
Mensagens: 920
 Re: POEMA A CAMINHO
Querida Célia

Achei seu soneto muito doce

Destaco:
"mas fazendo parte de um grupo escolhido
em cada poema se faz um amigo"
"Como é bom saber que tão longe, ou mais perto
se comunga o sentir do sonhar tão certo"
"e chegam de longe, num apertado abraço..."

Gostei demais

Beijinhos *

Jessica Neves

Enviado por Tópico
Setedados777
Publicado: 25/03/2012 18:35  Atualizado: 25/03/2012 18:35
Da casa!
Usuário desde: 23/03/2012
Localidade:
Mensagens: 280
 Re: POEMA A CAMINHO
A forma com que entrelaçasse este soneto nos dá uma idéia da sua pretenção a que se dinamiza verdadeiramente o desejo de todos os pretensos poetas e poetisas ou já escritores. A obra deve transpor-se além fronteiras e ser sentida por outros corações. O conteúdo passa a ser a tua alma entregue nos versos e as verdades em palvras imaginárias ou não; o que mais importa é a plenitude e a essência da liberdade. Bay!