https://www.poetris.com/
 
Textos : 

Não Banalize o Verbo Amar

 
Texto repentino de inspiração imediata. Minha inspiração está voltando.. \o/

Tem hora que eu desisto de reclamar a vida. Para e penso, que estou fazendo? que egoísmo o meu! Não me lembro se um dia passei fome, frio ou se não tinha o que vestir, calçar. Nunca tive luxo, mas também nunca precisei dele. Nossos pais são o melhor exemplo que temos; viveram em épocas difíceis, na qual pai e mãe eram sagrados, os avós então... Aos 15 anos ou menos, o rapaz trabalhava para ajudar a família e estudava por conta própria. Hoje, é dado às crianças e adolescentes apenas uma única exigência, que é sua única preocupação: estudar, apenas estudar; e é tão raro não acharmos um estudante que não reclame disso; queria ver se tivessem a responsabilidade que nossos pais e avós tiveram de ajudar a sustentar a casa. As moças desde cedo eram grandes donas de casa, ajudavam em tudo, os estudos à ela era um pouco discriminado e só iam à escola as que realmente tinham força para superar o que lhe eram imposto pela sociedade de ser mãe e dona de casa. O respeito era a dignidade do povo, hoje quando falamos de respeito ao outro é capaz de sermos denunciados por DIFAMAÇÃO, INJÚRIA. Todo cuidado é pouco.
Temos que reaprender que "quando algo quebra devemos consertar e não jogar fora". Não venho aqui falar de moralismo ou ensinar como devemos ser, nem impor que devemos amar o que temos e nos conformar, isso seria contradizer tudo o que penso e acredito.
Amar o que temos, o que somos é uma questão de raciocínio, de pensamento, de justiça, de colocar na balança o que realmente acreditamos e não no que nos é imposto por um grupo de pessoas.
Amar não é algo imediato, a gente aprende com o tempo.

Katlelly Chaves


Katlelly C.

 
Autor
KatlellyChrystina
 
Texto
Data
Leituras
713
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.