https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Como gosto

 
Como gosto

Gosto de sentir os meus poemas
E relê-los porque são feitos por mim,
Sem modéstia ou com ela,são meus
São aquilo que eu sou, simples, etéreos
Porque o sonho faz parte do meu ser, sim.

Gosto de me dar aos outros, sorrio
Com amizade a toda ou quaquer pessoa
Sejam de (estatura elevada) ou não,
Somos todos feitos do mesmo barro
E ninguém vive sem o coração.

Se ele pulsa, se tem emoções
Se a dor o aperta e quási o desfaz
A saudade o confunde, e se a morte
Amarfanha, guardam-se. Mas a vida
É harmonia, alegria. amor e paz

Eu levo–a num impulso, eu sei,
Uns dias calmos, outros agitados
Consumo o tempo que me resta
Á minha maneira, em artes, pintando
E fazendo mal, versos improvisados.

«Sejam felizes,» é um santo lema
Procuremos encontrar essa força
No dia a dia da nossa existência
Deixemos a nossa marca, neste mundo.
E não partamos como um caco de loiça.

Vólena

 
Autor
Volena
Autor
 
Texto
Data
Leituras
909
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Dreamaker
Publicado: 11/01/2013 16:19  Atualizado: 11/01/2013 16:19
Super Participativo
Usuário desde: 10/12/2012
Localidade: Rio De Janeiro
Mensagens: 122
 Re: Como gosto
Olá.

Gostei da bela mensagem contida neste texto.
Meus parabéns e uma boa tarde.

;D