https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Sofia

 
 
Pelos campos floridos de esperança corria
Contagiado pela brisa que à mim vestia
Pensando que ao menos saberia
Como escrever então,uma linda poesia.

Que apenas para ti seria,
Pela vontade de imaginar teu rosto que eu tinha
Torcer para ter um fim à toda a agonia
Pois quando decidisse ler-me,apenas sorriria

Te dedico cada letra e cada vírgula
Em nossa canção,cada cifra
Cada palavra aqui escrita,
Vem do fundo de minh'alma já sem vida

Doce para quem contigo se identifica
Descrita na poesia do homem de alma rica
Sei que nunca me deixaria
Que comigo ficaria,e para sempre me amaria

 
Autor
MatheusBelfort
 
Texto
Data
Leituras
518
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
15 pontos
10
3
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 20/03/2015 16:36  Atualizado: 20/03/2015 16:36
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16211
 Re: Sofia
Matheus
Linda poesia!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
kripy
Publicado: 20/03/2015 20:49  Atualizado: 20/03/2015 20:49
Colaborador
Usuário desde: 26/05/2010
Localidade:
Mensagens: 3001
 Re: Sofia
MatheusBelfort,mais uma vez sem palavras para a sua poesia..linda msm,um abraço,kripy.


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 21/03/2015 00:40  Atualizado: 21/03/2015 00:40
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9306
 Re: Sofia
Boa noite Matheus, teus versos enredam uma cena em que a magia do amor, se faz dominante, parabéns pelo contagiante poema, um abraço, MJ.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/03/2015 01:14  Atualizado: 21/03/2015 01:14
 Re: Sofia
Amei a leitura, Matheus.
Senti um carinho imenso por este poema.
Parabéns pela inspiração


Abraços


Enviado por Tópico
martims
Publicado: 21/03/2015 14:53  Atualizado: 21/03/2015 14:53
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6797
 Re: Sofia
Planto audíveis que vem dos olhos dos sonhos onde algo se exala, entrando em nossos sentimentos com se fosse as aresta se vestindo do mais puro amor.