https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Nas derradeiras chamas de amor

 
 
Se sabe melhor ler um poema rimado,
Versejo minh’alma em uma flor
E num estrofe cruzado,
Te cantarei uma serenata de amor

Versos que do meu coração se brotam,
Trazem no dorso a paixão
E no topo, mil amores ostentam
Teu iluminado sorriso de compaixão

Assim, irei cruzando rimas
No caminho dos teus olhos de sereia
Que deixam minh’alma em flamas

Nas derradeiras chamas de amor,
Vou semeando afetos nas pegadas do teu olhar
Que tosta meu coração lotado de fervor

Adelino Gomes-nhaca



Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
456
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
28 pontos
4
4
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Eureka
Publicado: 05/04/2016 15:31  Atualizado: 05/04/2016 15:31
Colaborador
Usuário desde: 02/10/2011
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4259
 Re: Nas derradeiras chamas de amor
Puxa vida, poeta Upanhaca,

Mas que coisa mais boa de se ler.
Todo o poema um completo desafio nas
personificações impossíveis de ultrapassar, pelo uso de mestre recebido, neste jogo de palavras em que os versos sairam primorosamente.
Eu te favorito sem qualquer margem para dúvidas.
Este, creio ser um dos teus melhores poemas.

Maravilhoso o poema e o exercicio do poeta.
Parabéns
Beijos
Eureka


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 05/04/2016 16:44  Atualizado: 05/04/2016 16:44
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29335
 Re: Nas derradeiras chamas de amor
O olhar é aquilo que vem junto com o desejo inflamando o nosso ser, daquele insano desejo. Toques que corra pelos sentimentos, enlouquecendo os sentidos saciantes ensejos.

maravilhosos poema

martisns