Sonetos : 

Saudade

 
A saudade fez-me acordar sem alento,
Percorro memórias distantes no entanto
Parecem que foi ontem todo o encanto
Com que revesti de alegrias o pensamento.

A saudade me castiga a cada momento
Me sento em lembranças que pesam tanto
Derramam em mim o consentido pranto
De todo o desconsentido descontentamento.

Ainda espero que o tempo cure
A doença de um amor que em mim vive
Aprisonada num coração que à distância ama!

Ainda espero o amor que de ti um dia tive,
Que ardeu na alma com tamanha chama!
Ainda sonho que num qualquer infinito perdure.

 
Autor
Pdark
Autor
 
Texto
Data
Leituras
669
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
4
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/05/2017 11:33  Atualizado: 15/05/2017 11:33
 Re: Saudade
Um lindo e maravilhosos poema, que nos encanta, apaixonante


Enviado por Tópico
Debynha
Publicado: 18/05/2017 13:35  Atualizado: 18/05/2017 13:35
Super Participativo
Usuário desde: 01/12/2016
Localidade:
Mensagens: 111
 Re: Saudade
lindo