https://www.poetris.com/
Poemas : 

DESEJOS

 
DESEJOS

Só não quero ver
O que não posso ter
Só não quero ter
O que não posso ver

Só viver da arte viver
Pro vento abrir janelas
Quero braços pra levar meus versos
E telhas de nuvens pra nos proteger

Só não quero cantar
O que não posso amar
Só não quero amar
O que não posso cantar

De repente bocas frias se beijam
O segredo dos olhos desmancha o nó
E a noite acaricia corpos que se desejam
Calados e loucos, assim cantam em dó

Só quero ver
O que posso amar
Só quero ter
O que posso cantar


Veríssimo

 
Autor
veríssimo
 
Texto
Data
Leituras
44
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 01/06/2017 16:03  Atualizado: 01/06/2017 16:03
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 25503
 Re: DESEJOS
Um amor que enaltece uma linda alma, apaixonada