https://www.poetris.com/
Poemas : 

Drogas virtuais

 
A mente implora,
Pelo que o corpo pede e não tem
O pedaço que falta, a outra metade
Reduzida a pixelagem de um filme sujo
E o prazer, assim como o amor, são associados a dor
E tornam-se meras frustrações virtuais

Luz ,câmera, violenta depravação
Que degrada mais e mais a um sagrado da criação
Atuando, alguém que não é
Fingindo sentir a plenitude
Dentro de dualidades
O que era bom tornou-se tóxico

Afogue-se em lágrimas,
Por conta da maldita depressão
Tratam-te como algo descartável
Em troca de uns trocados
Um objeto para lucrar em cima
De escravos solitários e você é a mais só

Mas,teu sangue não pulsa,
Tua feição é de tédio
Transvestido de terror
Isso não é real, isso não é natural
O olhar é de indiferença
Porque já não és mais uma princesa

 
Autor
neon
Autor
 
Texto
Data
Leituras
56
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.