https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Crítica : 

Rios e poeiras

 
Rios e poeiras
 
Partiu para Porto Seguro
Balsas e velas içadas na temperatura solar
Carregava a menina no colo
Banhava no Rio de Trancoso
Ilhada Terra de todos e de ninguém
Onde os visitantes queriam as terras
Fiasse o Brasil de Cabral
Cabral acabou com o Rio
Voltamos a Cidade Maravilhosa.
Desgastada de verbas
Na escassez de velhos amigos,
Vendemos o Brasil a preço da banana.
Banana virou Americana,
Brasil sorriu bilíngue.



Diana Balis

 
Autor
DianaBalis
 
Texto
Data
Leituras
1227
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
0
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.